Image Alt

Cabelos

Fortalecimento e nutrição estão entre os principais benefícios

O óleo de rícino também conhecido e chamado de óleo de mamona, é um dos ingredientes queridinhos no universo dos cuidados com os cabelos, principalmente por causa da fórmula que ajuda no crescimento dos fios. Vem entender um pouco mais desse ativo!

Na verdade, o óleo de rícino é um glicerol com ácido graxo, um componente muito bom para nutrir os folículos capilares. Para se ter uma ideia, aquela camadinha externa da haste do cabelo é coberta por estruturas que se parecem com escamas, na verdade, são as cutículas, que quando estão danificadas, ficam sem brilho e cheias de frizz.

Óleo de rícino: cabelos longos e fortes

O óleo de rícino tem propriedades antioxidantes e é rico em ácido linoleico, ômega 6 e ômega 9, vitamina E e sais minerais. Dá uma olhadinha nos principais benefícios desse óleo:

  • Fortalece o couro cabeludo
  • Ajuda no crescimento dos cabelos
  • Tem propriedades antibacterianas e antifúngicas, combatendo infecções e bactérias que podem impedir o crescimento dos fios
  • Por ser um hidratante natural, deixa os cabelos sedosos, por isso é usado para cabelos ressecados e com pontas duplas
  • Ajuda no tratamento de doenças como dermatite seborreica

Conheça a linha Inoar Botanic

Composta por shampoo, condicionador, máscara de hidratação e óleo multifuncional, a nova linha capilar Botanic – foi especialmente desenvolvida para fortalecer os fios e auxiliar no crescimento dos cabelos.

Toda a linha contém o poderoso óleo de rícino em sua formulação, além de trazer ingredientes complementares, como o óleo de macadâmia, que também ajuda a deixar os fios mais bonitos e protegidos.

Ideal para todos os tipos de cabelos, a linha capilar Botanic oferece uma hidratação profunda diminuindo o aspecto opaco e quebradiço dos cabelos.

E aí, você já conhecia os benefícios do óleo de rícino? Conta pra gente!

Verdade seja dita: os cabelos loiros ou platinados chamam a atenção. Mas manter o loiro perfeito com fios lindos e saudáveis, exige paciência e dedicação. Afinal, os processos químicos usados para descolorir ou fazer mechas deixam os cabelos mais ressecados e sem brilho.

Para que os cabelos fiquem com uma aparência mais saudável é importante seguir uma rotina de cuidados e usar os produtos certos como a máscara matizadora e o shampoo ideal para cabelos loiros, para que o efeito seja o mais perfeito possível.

Pensando nisso, listamos quatro dicas para te ajudar nessa missão. Vem saber mais!

Dicas para manter seu loiro perfeito por muito mais tempo

Como lavar os cabelos loiros

A cada 15 dias, use o Shampoo Matizador Inoar CicatriFios Loiro Perfeito nos cabelos úmidos, sempre massageando. Feito isso, enxágue e retire o excesso de água com uma toalha.

Aplique uma quantidade de Máscara Inoar CicatriFios Loiro Perfeito. Massageie mecha a mecha e deixe agir por 15 minutos. Enxágue cuidadosamente. Finalize como desejar.

Esse tipo de produto regulariza a textura dos cabelos, fechando as cutículas dos fios, o que faz com que eles não fiquem porosos, sabe?

Como hidratar

Como de praxe, a hidratação deve ser feita uma vez por semana. Você pode fazer em casa mesmo, usando cremes e máscaras ideais para o seu tipo de cabelo.

A touca térmica ajuda muito na hidratação, mas desde que usada de acordo com as instruções dos produtos de beleza comprados, combinado?

Uma dica é usar a Máscara ou Super Ampola da linha Cicatrifios. Os produtos são enriquecidos com a fórmula RejuComplex3®, que renovam e amaciam os fios, além de ajudar na redução da quebra, deixando o cabelo selado, sem frizz e com aquele brilho incrível.

Finalização

O secador e a chapinha não são os maiores inimigos para quem descolore os cabelos, mas uma coisa é certa: você precisa aplicar um protetor térmico e um defrizante.

Uma dica é apostar no Defrizante Termoativado Thermoliss que ajuda a escova a deslizar facilmente, protegendo os cabelos do calor do secador e da prancha para deixar o look mais liso e sem frizz.

Conhecendo a linha CicatriFios Loiro Perfeito

A nova linha Cicatrifios Loiro Perfeito foi especialmente desenvolvida para neutralizar cabelos loiros, grisalhos ou com mechas.

Graças à sua exclusiva fórmula RejuComplex3®, Centaurea Cyanos e Azuleno (ingredientes botânicos com pigmentos roxos e pH balanceado), os produtos ajudam a minimizar o aspecto desvitalizado, reforçando a tonalidade dos fios, além de hidratar profundamente, deixando a cor dos cabelos mais uniforme e com brilho intenso a cada uso.

A linha é composta por Shampoo Matizador, Condicionador Matizador e Máscara Matizadora e já está disponível em nosso site.

E aí, que tal deixar seus cabelos bem bonitos com nossos matizadores? Aproveita e vem escolher o ideal pra você aqui no site!

Lavar o cabelo é parte essencial do processo de cuidados com a saúde capilar. Por isso, muita gente me pergunta sobre a temperatura da água na hora de higienizar os fios: qual é melhor, lavar o cabelo com água quente ou fria? 

Eu sempre respondo que depende de uma série de resultados que se pretenda ter, ou até mesmo, do tipo e das condições do cabelo. Mas uma coisa é importante adiantar: lavar o cabelo com água muito quente deixa o cabelo ressecado e opaco. Mas por que será? 

Por já ter sido cabeleireira, com meu próprio salão de beleza, muitas pessoas conversam comigo sobre dúvidas das etapas da rotina capilar, tão importantes para a saúde e a beleza do cabelo. 

Eu adoro ter essa conversa, porque cabelos é a minha grande paixão. No entanto, sempre prefiro agregar a opinião das experts da Inoar, técnicas responsáveis pela testagem e qualidade dos nossos produtos. Afinal, nosso trabalho é construído pela parceria. 

Então, nesse artigo nós vamos contar quais são as reais vantagens e desvantagens das temperaturas da água para a saúde capilar. Preparada? vamos à perguntinha básica…

Por que é bom evitar lavar o cabelo com água quente? 

Lavar o cabelo com água quente é prejudicial porque altas temperaturas sensibilizam o couro cabeludo e a haste capilar de diversas formas. A primeira é: água quente retira o balanceamento natural das glândulas sebáceas do couro cabeludo.

Esse desequilíbrio faz com que a pele produza ainda mais oleosidade para se proteger. E ao contrário do que se pensa, ocorre uma falha na redistribuição do óleo natural que produzimos, deixando o couro cabeludo ainda mais oleoso.

O segundo ponto é que lavar o cabelo com água quente abre as cutículas dos fios da haste capilar provocando perda de nutrientes. O resultado de todas essas ações? Fios ressecados, opacos, mais quebradiços e com muito frizz. 

O ideal para a saúde capilar é usar água morna a fria na higienização. Isso porque essas temperaturas não são agressivas para o couro cabeludo nem para os fios. Elas agem com mais naturalidade, não interferem na produção de oleosidade e tampouco promovem a abertura das cutículas e o ressecamento. 

O que o hábito de lavar o cabelo com água quente pode provocar? 

O hábito de lavar o cabelo com altas temperaturas pode provocar resultados indesejados em fios com coloração e até problemas dermatológicos como a caspa.

Para exemplificar melhor, conheça três impactos negativos de lavar o cabelo com água quente:

Piora no quadro de caspa

A excessiva produção de glândulas sebáceas provocada pela higienização com água muito quente pode piorar o quadro de quem já tem caspa. Esse resultado, associado a hábitos como uso de bonés e gorros com frequência, e, ainda, aplicação de condicionador na raiz do cabelo podem levar a um excesso de descamação do couro cabeludo. 

Desbotamento da coloração

Pra quem não dispensa os fios tingidos, é bom ficar atenta. A coloração química pode ser alterada com a temperatura da água. Os fios tem a tendência a desbotar com mais velocidade durante a lavagem frequente com água quente. 

Perda na definição dos cachos

Crespas e cacheadas, atenção! As temperaturas elevadas podem prejudicar a definição dos seus cachos. Isso porque as cutículas dos fios se abrem e perdem nutrientes importantes para a hidratação. Afinal, manter o cabelo hidratado é requisito fundamental para aquele cacho de respeito

Rotina para cabelos mais saudáveis e brilhosos

Nesse post, vimos que devemos evitar ao máximo lavar o cabelo com água muito quente. E outro ponto importante: não adianta dar choque térmico no cabelo finalizando a higienização com água fria. 

Esse truque não vai reverter o quadro de ressecamento ao qual o cabelo foi exposto com temperaturas elevadas. O ideal é optar pela água morna a fria para lavar o cabelo.

Além disso, o hábito que vai oferecer ainda mais brilho e saúde aos fios é aliar a rotina de hidratação e cuidados com produtos adequados para cada tipo de cabelo. 

Para cabelos danificados, ou que sofrem ações químicas e do ambiente, eu indico a linha de produtos Absolut Daymoist. Ela é formulada para restaurar e proteger os cabelos da ação do calor e evitar o desbotamento da coloração. 

A alta concentração de ingredientes hidratantes evita a perda de água do interior da fibra capilar. O resultado é um cabelo renovado, com aspecto saudável e hidratado.

Então, gostaram das dicas?

Já conheciam algo sobre o impacto da temperatura da água na higienização do cabelo?

Comente! Siga nossas redes sociais para acompanhar nossos conteúdos exclusivos.

*Por Inocência Manoel

Durante o período, escolha os produtos de tratamento e finalização ideais para a sua curvatura

Quem tem cabelos cacheados sabe que, para manter a hidratação e a saúde dos fios em dia, é necessário seguir uma rotina capilar. Durante a quarentena, entretanto, enquanto as idas ao salão e a manutenção do seu corte estão temporariamente vetadas, é possível conservar os fios em ordem e bem definidos em casa, apenas com a ajuda dos produtos certos para o seu tipo de curvatura (2A, 2B e 2C – ondulados; 3A, 3B e 3C – cacheados; 4A, 4B e 4C – crespos).

Veja, no texto de hoje, algumas dicas para cuidar e finalizar seus cabelos ondulados, cacheados, crespos ou afro durante o período de isolamento.

– Mantenha o cronograma capilar em dia

Cabelos cacheados têm o ressecamento natural das pontas como uma de suas principais características, por conta do formato em espiral, que impede a oleosidade da raiz de chegar ao fim do comprimento. Para manter os fios bem hidratados de acordo com a necessidade de cada tipo de curvatura, leia nosso texto completo sobre cronograma capilar aqui no blog da Inoar (clique no link). Nossa dica de produto, neste caso, são as máscaras de cronograma da linha Doctor, ou misturar as nossas opções, escolhendo as mais adequadas para cada etapa, de acordo com sua preferência.

– Faça umectações periodicamente

A umectação é importantíssima para os fios cacheados. Ela trata o ressecamento de maneira mais profunda e consiste em aplicar óleos específicos, da raiz até as pontas, enluvando mecha a mecha e massageando o couro cabeludo, para tirar a textura áspera e estimular o crescimento, respectivamente. A técnica repõe lipídeos e nutrientes e sela as cutículas. Nossa dica, nesse caso, é o Óleo de Coco da Inoar.

– Cuidado com o excesso desnecessário de finalizadores

Principalmente porque sua rotina durante a quarentena será em casa evite, durante o período, usar excesso de produto nos fios para finalizá-los. Isso fará com que o cabelo seque mais rápido naturalmente e difusor, evitando assim, também o excesso de calor.

– Leave-in, ativador de cachos ou creme de pentear: qual deles é melhor para a curvatura dos meus fios?

Você sabe a diferença entre leave-in, ativador de cachos e creme de pentear? Todos eles são cremes sem enxágue, que auxiliam a manter o processo de hidratação realizados nos fios durante a lavagem. Porém, cada um tem a sua particularidade. 

Os três tipos de produto se diferem, principalmente, em consistência. O leave-in tem uma consistência mais leve, não muito viscoso; o creme de pentear e o ativador de cachos, por outro lado, são produtos com uma consistência mais concentrada. Isto define também o uso para cada tipo de cabelo nos quais podem ser aplicados.

As misturas dependem de cada tipo de cabelo. Cabelos lisos ou ondulados, por exemplo, podem pesar ou apresentar aspecto áspero com cremes mais encorpados.

Se você tem os cabelos com a curvatura mais aberta, como é o caso dos ondulados, um leave-in é suficiente. Se você possui cabelos com cachos mais fechados, escolher um ativador de cacho ou um creme de pentear é o ideal. Os cabelos do tipo 2 (ondulados, com curvas mais abertas) têm maior tendência à oleosidade e, por isso, se adequam melhor aos leave-ins, por terem texturas mais leves.

Já os fios dos tipos 3 e 4, se adequam com os três.  Porém, cremes de pentear e ativadores de cachos, principalmente, irão auxiliar manutenção da hidratação e definição dos cachos.

– Como usar os finalizadores?

Para os três tipos de produtos, a forma de utilização é igual. Após lavar os cabelos, aplique o leave-in, o creme de pentear, ou o ativador de cachos nos cabelos, do comprimento até pontas, evitando sempre o aplicar diretamente no couro cabeludo. Após a aplicação, finalize como preferir.

– O leave-in normalmente possui proteção térmica?

No caso dos produtos da marca Inoar, todos os finalizadores contêm proteção térmica.

Confira as opções de finalizadores da Inoar:

– Leave-in: linhas Vegan, Résistance Flor de Lótus, Résistance Fibra de Bambu, Blends, CicatriFios, Afro Vegan;
– Ativador de cachos: linha Afro Vegan;
– Creme de pentear: linha Meu Cacho, Meu Crush, Blends, Argan Oil System;
Gel finalizador: linha Divine Curls.

Sejam lisos, cacheados ou crespos, os fios em tons vermelhos requerem cuidados

Manter a cor, o brilho, a sedosidade e o aspecto de maciez dos cabelos avermelhados é uma tarefa tão difícil quanto cuidar dos loiros. A tendência de coloração que cada vez mais se perpetua como queridinha entre as brasileiras (sejam elas lisas ou cacheadas) é uma das mais procuradas nos salões de beleza atualmente. Porém, escolha você um tom de cobre ou um vermelho intenso, o cuidado com os fios deve ser constante.

Como qualquer cabelo que passe por um processo coloração, o ruivo pode sofrer danos. O ressecamento é o principal deles, devido a alteração brusca de pH (escala que define o grau de acidez). Entre os problemas mais comuns dos tons avermelhados estão o aspecto áspero e a perda do brilho natural.

Para evitar o ressecamento, recomenda-se um cronograma de cuidados que ajude a manter os fios hidratados. Na Inoar, temos produtos adequados para tratamentos de todos os tipos de fios ruivos. Conheça alguns deles adapte o mais adequado à sua rotina capilar:

Sensitine

Sabe quando você quer limpeza, mas sem deixar a suavidade de lado? Sensitine é o produto 3 em 1 da Inoar capaz de limpar, condicionar e tratar seus cabelos ao mesmo tempo. Retém a umidade e a nutrição dos fios evitando ressecamento, além de proteger contra o estresse oxidativo e danos celulares causados pela poluição. Livre de sulfatos, esse co-wash incrível cuida dos seus cabelos em apenas um passo, hidratando diretamente na camada celular do fio, e elimina o desconforto causado por processos químicos, como a coloração, além de outros danos. Sensitine é o produto ideal para conservar seus cabelos ruivos sempre limpos, macios e protegidos.

Absolut Daymoist CLR™️

Não é a toa que a linha Absolut Daymoist CLR™️ é uma das mais amadas da Inoar. Formulada para reparar as fibras capilares nas partes mais sensibilizadas, reestrutura e devolve a força dos seus fios. Daymoist é ideal para cabelos quimicamente tratados sendo, portanto, absolutamente perfeita para fios que passaram por processos de coloração, evitando o desbotamento. Sua composição super hidratante promove intenso condicionamento e brilho, recuperando a maleabilidade e fazendo que o pente deslize como seda. Além disto, protege os cabelos danificados pela ação do calor.

Divine Curls

Se você é ruiva e cacheada, Divine Curls é a opção perfeita para seus fios. Composta por shampoo sem ingredientes acumulativos, condicionador, máscara e um finalizador em gel, a linha limpa na medida certa e hidrata os fios sem pesar, mantendo a memória dos cachos por horas, graças ao ativo extraído da semente do linho dourado. Sua fórmula suave para cabelos cacheados ajuda a manter a cor, sem agredir a fibra capilar. Divine Curls conserva, ainda, a hidratação no interior dos fios, mantendo o brilho e a maciez para curvas definidas e luminosas, com elasticidade saudável. Sua composição permite desembaraçar os cabelos com mais facilidade, o que evita a quebra dos fios.

*por Inocência Manoel

Por sua multifuncionalidade, o óleo de coco está, cada vez mais, invadindo a cesta de compras dos produtos essenciais para cuidados diários das brasileiras. Eficaz no uso tópico em cabelos, no corpo e no rosto, ele é famoso por seus incontáveis benefícios, e um produto rico em gorduras nutritivas, conhecidas como ácidos graxos, além de conter propriedades antimicrobianas e antifúngicas.

Como armazenar o óleo de coco corretamente?

Se você é uma usuária assídua do óleo de coco, já deve ter percebido que, eventualmente, o conteúdo do frasco pode ficar ou mais líquido, ou mais cremoso. Isso acontece principalmente por conta das mudanças climáticas.

De forma geral, se for armazenado à temperatura ambiente durante muito tempo, o óleo pode se tornar rançoso. Em baixas temperaturas, ele assume uma forma sólida e voltará a ser líquido quando a temperatura estiver mais alta novamente.

Nossa principal dica é mantê-lo na geladeira para garantir o frescor do produto. O Óleo de Coco Virgem, da Inoar, pode ser refrigerado até o fim do prazo de sua validade. 

É importante lembrar também que a exposição aos raios solares, embora o óleo seja um produto muito resistente, pode prejudicar a eficácia. A fotodegradação é o processo que pode deteriorar alguns tipos de produtos expostos ao Sol; o excesso de luz pode quebrar e destruir alguns dos nutrientes essenciais.

O uso nos cabelos

Umectação capilar: A forma mais conhecida de uso é o procedimento de umectação. Muito usada nos cronogramas capilares voltados para fios que precisam de nutrição, o óleo deve ser aplicado nos cabelos secos. O tempo de uso, por sua vez, depende da necessidade de cada um. Ele deve ser retirado em uma lavagem convencional.

Umectação noturna: A umectação noturna, por sua vez, consiste em aplicar o produto e deixá-lo nos cabelos durante a noite de sono. Após envelopar as mechas com o óleo nos fios secos, você pode colocar uma touca simples para proteger a roupa de cama. Neste caso, ele também deve ser retirado em uma lavagem convencional, porém somente na manhã seguinte.

Finalizador: Outro modo de uso é a finalização. Em pequenas quantidades, os resultados são redução do frizz e realce do brilho.

Hidratação: É interessante lembrar que o óleo de coco não está restrito à etapa de nutrição, podendo ser utilizado também como hidratação. Misture em quantidade moderada à sua máscara de preferência antes de aplicar.

Na pele

Demaquilante natural: o óleo de coco também é eficiente no processo de limpeza da pele com maquiagem, pois “derrete” as substâncias residuais. Ele facilita a limpeza, permitindo que seja mais profunda. Após a aplicação com as mãos, basta retirar com algodão e seguir com a lavagem habitual do rosto.

Prevenção às olheiras: Para evitar as indesejadas olheiras, a aplicação do óleo de coco na região da bolsa dos olhos diariamente é um tratamento e tanto. Com o uso frequente, é possível notar a diferença em poucas aplicações.

Hidratante para os lábios: Se aplicado nos lábios, auxilia a eliminar eventuais rachaduras, provocadas pelo tempo ou, por exemplo, pela desidratação. Com o tempo, os lábios se tornam mais macios.

No corpo: Estudos mostram que o óleo de coco é um poderoso tratamento para peles secas e ásperas. Pode agir como hidratante para esses casos, já que apresenta também efeitos antissépticos e é mais eficaz que óleos minerais. Para peles que sofreram com os danos dos raios solares, ele também ajuda a aliviar as queimaduras.

*por Inocência Manoel

Conheça os níveis de porosidade capilar e saiba como tratar cada caso

O nível de porosidade do seu cabelo nada mais é do que o fator que determina tanto a absorção, quanto a perda de água e de nutrientes nos fios. Quando a porosidade está alta, significa que suas cutículas estão abertas demais, ou seja: você pode ter problemas como ressecamento, quebra e frizz.

Há três níveis de porosidade capilar: a baixa, a média e a alta. Nos três casos, respectivamente, as etapas mais adequadas para cada um dos casos comparando-os ao cronograma capilar são: hidratação, nutrição e reconstrução.

No caso da alta porosidade, os cabelos estão muito ressecados. Cabelos que apresentam esse aspecto são, principalmente, aqueles que passaram por processos químicos e/ou colorações, por exemplo.

Os fios com porosidade mediana, apresentam um aspecto melhor e, por isso, não necessitam de processos tão intensos de recuperação. Neste caso, usa-se com mais frequência a etapa de nutrição e, como complemento, a umectação.

Por último, existem também os cabelos com baixa porosidade que estão, portanto, com as cutículas mais fechadas. Neste caso, os tratamentos de hidratação são os mais indicados.

Teste de porosidade capilar

Para testar qual é o nível de porosidade e entender qual o melhor tratamento para você, coloque um fio de cabelo seco em um copo de água. Depois de alguns minutos, verifique: o fio que boia tem baixa porosidade; o que fica no meio do copo, possui média porosidade; já o que afunda, por sua vez, apresenta alto nível.

Saiba qual produto usar para cada caso

Baixa porosidade:

A linha Résistance Flor de Lótus é ideal para hidratação e, portanto, para cabelos que apresentam baixo nível. Regenera os fios, deixando-os muito mais macios e maleáveis. As linhas também contam com óleo reparadores, que protegem os fios de fatores externos com eficiência.
Fácil de aplicar, a Mask suaviza, hidrata e recompõe as proteínas do cabelo. Sua formulação contém Queratina Complex, macadâmia e proteínas do trigo. Tem ação condicionante profunda, conferindo brilho e vitalidade aos fios. Ideal para cabelos danificados, ressecados e tratados quimicamente.

Média porosidade:

A linha Blends conta com uma combinação perfeita para cabelos que precisam de nutrição: desenvolvida a partir de um complexo de vitamina C, possui óleo de coco, abacate e argan como elementos em sua composição.

A linha 4D contém Rejucomplex3, manteiga de babaçu e biotina em sua composição, promovendo nutrição aos fios. Atua no comprimento dos fios, na redução do volume, no controle do frizz, para uma superfície selada, e no brilho.

Alta porosidade:

A máscara de Résistance Fibra de Bambu é ideal para reconstrução. Reforça os cabelos enfraquecidos e fortalece os fios, deixando-os com muito mais brilho.

Absolut Daymoist CLR™, por sua vez,possui máximo poder emoliente e ação ultra hidratante, sendo também ideal para cabelos muito danificados. Possui uma fórmula que promove intenso condicionamento e brilho, recuperando a maleabilidade. Restaura e protege os cabelos danificados pela ação do calor, e evita o desbotamento da coloração.

*por Inocência Manoel

Aprenda a cuidar dos cabelos durante a estação mais quente do ano

A estação mais esperada chegou com tudo e, por isso, intensificamos o alerta para que você lembre de cuidar dos cabelos com ainda mais afinco em 2020. Durante o verão, os fios estão expostos constantemente a fatores externos como raios solares, água do mar e cloro da piscina.

Raios UVA e UVB causam a perda de queratina, o que danifica e oxida os cabelos, ressecando-os e fazendo com que percam a cor, por exemplo. O excesso de sol pode, até mesmo, queimar o couro cabeludo e causar descamação. Além disto, o sal da água do mar pode abrir as cutículas dos fios, fazendo com que percam o brilho.

Para se proteger, recomendamos zelo redobrado com o tratamento, principalmente após a exposição. Veja algumas dicas úteis que selecionamos para o período:

  1. Invista nos leave-in após o banho. Todos os da Inoar possuem proteção térmica, ou seja: auxiliam a cuidar dos cabelos no calor. Quando expostos a altas temperaturas, os fios sofrem com ressecamento, pois acontece a dilatação das cutículas capilares;
  2. Ainda sobre os leave-in, tenha um na bolsa, mesmo na praia. Passe um pouco do produto toda vez que sair do mar ou da piscina, isso depois de realizar o enxágue com água doce. Assim, você mantém os fios sempre hidratados e desembaraçados, evitando a quebra. Quanto menos tempo o sal e o cloro ficarem no seu cabelo, menor o dano;
  3. O mesmo vale para as máscaras de tratamento, que são fundamentais para após sua saída da água. Como os leave-in, você também pode levar um pouco da sua máscara preferida para a praia em um pote pequeno e, sempre que possível, aplicá-la no chuveiro quando sair do mar, por exemplo, evitando que os fios fiquem embaraçados;
  4. Se você tem cabelos longos, a dica é prendê-los em uma trança ou em um coque, por exemplo. Desta forma, a área exposta aos raios solares fica menor. Quanto menos o sol atingir os fios, menor será o impacto do dano;
  5. Seja para proteger os cabelos antes do Sol e da piscina ou para tratá-los após a exposição, misture a Mask – máscara rica em Queratina Complex, macadâmia e proteínas do trigo – com algumas gotas (ou, no máximo, uma colher de chá) de óleo de coco. Você pode, por exemplo, aplicar a mistura e prender os cabelos, fazendo um coque ou uma trança, como indicado na dica acima. Mask possui ação condicionante profunda e é ideal para cabelos ressecados e quimicamente tratados, conferindo brilho e vitalidade aos fios;
  6. Se você passar muito tempo na praia, evite o uso de secador e chapinha, por exemplo. Aposte em finalizadores e deixe os cabelos secarem naturalmente;
  7. A Vitamina C ajuda a proteger a cor dos cabelos, pois impede que os pigmentos da coloração se oxidem quando expostos à luz solar. Além disto, ela é biodegradável, ou seja: não polui o ambiente como os filtros solares químicos. Nossa dica, nesse caso, é o leave-in da linha Blends;
  8. Aproveite o calor e tome banhos mais frios. A água muito quente do chuveiro, somada aos fatores externos não combina;
  9. Antes de um mergulho, você também pode aplicar um pouco de óleo capilar (como o Argan Oil, ou os óleos Flor de Lótus e Fibra de Bambu, ambos da linha Resistánce), para manter as cutículas dos fios seladas. Essa dica é valiosa, inclusive, para quem possui algum tratamento químico;
  10. Seja criativa: além dos cuidados antes e depois, invista no visual e abuse de chapéus lindíssimos e lenços cheios de estilo;
  11. O pós-sol, especialmente no caso dos cabelos com danos e quebradiços, é tão importante quanto os cuidados antes. A linha Absolut Daymoist CLR™ é um dos tratamentos da Inoar mais procurados para cabelos danificados, e pode ser utilizada após o mar e a piscina, evitando, ainda, o desbotamento da coloração;
  12. Se você já é adepta do cronograma capilar, por que não manter um sistema de tratamento eficiente também durante as férias? A linha Doctor conta com três máscaras de tratamento para hidratação, nutrição e reconstrução. Com 250 g cada, são perfeitas para levar na sua mala, garantindo o visual sempre intacto em qualquer lugar;
  13. O uso de produtos com coco na composição, como é o caso da linha Coconut, também é adequado. O coco é um elemento que possui ácidos graxos na composição, protegendo e recuperando fios que receberam radiação solar;
  14. Outro bom conselho é a umectação noturna. Enquanto estiver de férias, aplique o óleo de coco no comprimento do cabelo e deixe-o agir durante a noite, enxaguando pela manhã. Para facilitar a remoção do produto, aplique o condicionador antes da lavagem;
  15. Aposte em ampolas de hidratação rápida quando for viajar;
  16. O Sensitine, produto três em um da Inoar, foi desenvolvido com uma tecnologia exclusiva para cuidar de cabelos ressecados ou sensibilizados. O produto possui ativos cicatrizantes, sendo eficiente, portanto, no tratamento após a exposição solar. Massageie o Sensitine no couro cabeludo irritado pelo Sol por alguns dias. Você contará, assim, com um excelente aliado para regeneração dos danos causados pelos raios UV;
  17. Por fim, a Babosa é rica em minerais e vitaminas, sendo extremamente benéfica a qualquer momento. O uso de produtos com babosa facilita a remoção das impurezas e deixa os fios menos quebradiços e mais brilhantes. Abuse do aloe vera também nas férias!

Produtinhos da Inoar para tratamento no verão

Blends:
A linha Blends conta com uma combinação perfeita para cabelos ressecados. Foi desenvolvida a partir de um complexo de vitamina C e possui óleo de coco, abacate e argan como elementos em sua composição.

Coconut:
A linha Coconut possui óleo e leite de coco, ricos em vitamina E e ácidos graxos, poderosos hidratantes que agem na porção interna do fio do cabelo, reconstruindo e nutrindo.

Argan Oil:
O Argan Oil é o primeiro óleo de argan nacional e, portanto, o queridinho da Inoar. Com múltiplas funções, ele protege os fios, reduz o frizz e é, também, eficaz em tratamentos.

Résistance Flor de Lótus e Fibra de Bambu:
A linha Résistance possui dois leave-in maravilhosos, com proteção térmica, que podem ser utilizados antes do mar, da piscina e até mesmo do calor do secador: Fibra de Bambu, que repara cabelos enfraquecidos e fortalece os fios, deixando-os com muito mais brilho, e Flor de Lótus, que regenera os fios, deixando-os muito mais macios e maleáveis. As linhas também contam com óleo reparadores, que protegem os fios de fatores externos com eficiência.

Absolut Daymoist CLR™:
Com máximo poder emoliente e ação ultra-hidratante, Inoar Absolut Daymoist CLR™ conta com uma fórmula que promove intenso condicionamento e brilho, recuperando a maleabilidade. Restaura e protege os cabelos danificados pela ação do calor, e evita o desbotamento da coloração.

Óleo de Coco:
O Óleo de Coco Virgem da Inoar traz o melhor da polpa da fruta para a saúde dos cabelos. Pode ser usado para umectação, massagens, como finalizador ou leave-in.

Mask:
Fácil de aplicar, a Mask suaviza, hidrata e recompõe as proteínas do cabelo. Sua formulação contém Queratina Complex, macadâmia e proteínas do trigo. Tem ação condicionante profunda, conferindo brilho e vitalidade aos fios. Ideal para cabelos danificados, ressecados e tratados quimicamente.

Doctor:
Doctor é um sistema de tratamento completo para os seus cabelos; consiste em hidratar, nutrir e reconstruir. A linha conta com três máscaras, em uma combinação perfeitas para deixar seu cronograma capilar sempre em dia.

Sensitine:
Com um blend de agentes de limpeza equilibrado com AHA, Allantoin Scalp, vitamina B3 e extrato de centella asiática ultrapurificado, o Sensitine é um produto que limpa, hidrata na origem celular dos fios, e elimina o desconforto causado por processos químicos e agentes externos, para cabelos mais macios, brilhantes e saudáveis. Além disso, contém agentes que protegem contra o estresse oxidativo e danos celulares provocados pela poluição.

Babosa:
A linha Babosa é rica em vitaminas que regeneram e equilibram a saúde dos fios e couro cabeludo. Ela elimina impurezas e hidrata de forma profunda. Evita, ainda, a queda, e auxilia no crescimento saudável. Acende o brilho e aumenta a flexibilidade da fibra capilar.

Go Vegan Equilíbrio:
A Go Vegan Equilíbrio foi formulada à base de babosa. Considerada uma das melhores fontes naturais para manter a saúde dos fios, a aloe vera é rica em vitaminas que regeneram e equilibram, ainda, o couro cabeludo. Todos os produtos da linha Go Vegan foram formulados para enxágue rápido, utilizando menos água para poupar os recursos naturais do planeta.

*por Inocência Manoel

Saiba como manter e cuidar dos cabelos avermelhados

Tingir os cabelos de ruivo nunca foi uma tendência tão forte entre as brasileiras quanto é atualmente. Seja para lisas ou cacheadas, a tonalidade cobre, que confere um tom de naturalidade aos fios, tem sido uma das mais procuradas nos salões de beleza, ganhando muitas vezes até mesmo dos loiros e das luzes. Além do cobre, há diversas opções de tons ruivos disponíveis no mercado – até mesmo em nuances fantasia – e eles são para todos os gostos.

Porém, não é só de retocar os cabelos que vivem as ruivas. Como todo fio que passa pelo processo de coloração, os ruivos podem sofrer danos como o ressecamento, devido a alteração brusca de pH (escala que define o grau de acidez). Entre os problemas mais comuns dos tons avermelhados estão o aspecto áspero e a perda do brilho natural.

 Para evitar o ressecamento, os especialistas recomendam uma rotina de cuidados que ajude a manter os fios hidratados, incluindo sempre diferentes tipos de processos, como hidratações, umectações, reconstruções e nutrições, com atenção, é claro, ao cronograma capilar mais adequado ao seu tipo de cabelo.

É interessante lembrar que o espaço mínimo de cada tratamento deve acontecer entre três e quatro dias. O tempo de intervalo pode ficar maior conforme a melhora visível dos fios.

Dicas rápidas:
– Uma boa dica para as ruivas é realizar umectações instantâneas, que consistem em aplicar o óleo de coco 30 minutos antes da lavagem habitual;
– Hidratações rápidas, com ampolas de tratamento e máscaras com tempo máximo de 5 minutos de ação, também são ideais para o cotidiano.

O que o cabeleireiro pode fazer para você?

Além dos tratamentos em casa, você também pode contar com o socorro de seu profissional de confiança. Entre as medidas a serem tomadas no salão estão tratamentos mais intensos, como processos de cauterização e reposição de queratina além, é claro, da realização de uma manutenção correta da coloração.

E como manter a cor por mais tempo?

Há algumas regrinhas de ouro que podem te ajudar a manter o tom por mais tempo. Enumeramos algumas delas:

1) Não lave os cabelos todos os dias, pois a lavagem excessiva pode prejudicar a camada natural de hidratação dos fios, deixando-os quebradiços e ressecados;

2) Evite água muito quente, pois ela também pode danificar os fios;

3) Use produtos próprios para proteger o cabelo do calor e do Sol;

4) Produtos específicos para a manutenção da cor também são recomendados.

Produtinhos da Inoar para o seu ruivo

Vegan:
Os produtos da linha Vegan são formulados com óleos vegetais, de coco e oliva, que percorrem a fibra capilar, agindo profundamente.

Afro Vegan:
A Afro Vegan pode ser utilizada nos processos de umectação. Formulada com manteiga de karitê, poderoso hidratante que deixa os cabelos maleáveis, óleo de rícino, rico em vitamina E, minerais e com propriedade antibacterianas, a linha nutre, hidrata, repõe nutrientes e sela as cutículas dos fios, deixando-os macios e com brilho.

4D:
Novidade noportfólio de produtos da Inoar, a linha 4D trata os cabelos em quatro dimensões, auxiliando no crescimento, agindo como antivolume, antifrizz e proporcionando brilho imediato. Sua formulação inovadora conta com Rejucomplex3, Manteiga de Babaçu e Biotina.

Blends:
A coleção Blends é mais uma das novidades da Inoar. Sua combinação, perfeita para cabelos ressecados, foi desenvolvida a partir de um complexo de vitamina C. Conta com óleo de coco, abacate e argan em sua composição.

Résistance Flor de Lótus:
A linha Résistance Flor de Lótus, solução para fios que precisam de tratamento, regenera os cabelos, deixando-os muito mais macios e maleáveis. Sua composição oferece reparação intensa para cabelos mais saudáveis e brilhantes.

Absolut Daymoist CLR™️:

A Daymoist foi formulada para reparar as fibras capilares nas partes mais sensibilizadas, reestruturando e devolvendo a força dos seus fios, sendo ideal para cabelos quimicamente tratados. Sua composição promove intenso condicionamento e brilho, recuperando a maleabilidade.

*por Inocência Manoel

Conheça os benefícios do uso de uma das plantas mais utilizadas em cosméticos no mundo

Não é de hoje que a aloe vera, suculenta espinhosa popularmente conhecida como babosa, chama a atenção por seus benefícios. Poderosa, ela é dona de um sucesso que já atravessa milênios. No total, são mais de seis mil anos de história medicinal sobre o uso da erva de origem africana.

Atualmente, a planta medicinal é muito utilizada por seus benefícios comprovados para tratamento de pele e capilares. Sua utilização, tanto pura quanto na composição de cosméticos, é cada vez mais difundida no Brasil e no mundo.

Benefícios para o organismo

Em sua composição, a aloe vera barbadensis (nome científico) contém bioflavonóides, que conferem ação anti-inflamatória e bactericida. É também fonte de inúmeras vitaminas, como A, B, C e E, minerais e aminoácidos essenciais. Há evidências científicas de que ela age positivamente no sistema imunológico e, até mesmo, como hipoglicêmico, trazendo benefícios para diabéticos. No entanto, no Brasil, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) alerta para o risco do consumo de alimentos com a babosa, por segurança: não há comprovação da segurança na sua ingestão.

Uso tópico

O uso tópico é a forma mais conhecida de manipulação do aloe vera. Há estudos que comprovam sua eficácia no tratamento de feridas e queimaduras, como antioxidante e anti-inflamatório. Além disto, sua resina é infalível para cuidados com os cabelos e a pele.

Nos cosméticos

Há muitos anos, devido às propriedades hidratantes e comprovadas do uso tópico e local, a indústria cosmética manipula o aloe vera como base para produtos de beleza, sejam shampoos e condicionadores, cremes de hidratação capilar ou faciais, removedores de impureza da pele e, até mesmo, antirrugas.

Produtinhos da Inoar

A linha Babosa é um dos lançamentos mais recentes da Inoar. Composta por shampoo e condicionador, ela elimina impurezas e hidrata de forma profunda, evita a queda, auxilia no crescimento saudável, acende o brilho e aumenta a flexibilidade da fibra capilar. Conta com shampoo e condicionador.

Também recém-lançada na Inoar, a Go Vegan Equilíbrio, tem uma porcentagem ainda maior de babosa – como princípio ativo – na sua composição. Conta com shampoo, condicionador e creme de hidratação.

Curiosidade

Você sabia que, no Egito Antigo (aproximadamente 4.000 a.C.) a babosa era utilizada como um tipo de ‘elixir da vida’? De acordo com a literatura, os faraós acrescentavam o gel às suas bebidas, acreditando que isso traria longevidade.

*por Inocência Manoel